23 Fev

Por postado em 23 Fev

Durante o verão, com a maior frequência dos banhos de mar ou piscina, é importante proteger o ouvido da água para evitar dores de ouvido e otites. Essas infecções, que podem ser provocadas por vírus ou bactérias, causam dor de ouvido e muitos incômodos. A situação pode se tornar crônica e resultar em frequentes recorrências de infecções agudas e finalmente em dificuldade auditiva.

Por isso, utilize protetores auriculares. Se não for possível, há alguns cuidados a serem tomados:

– Após nadar, seque os ouvidos com a ponta de uma toalha. Se sentir a presença de água dentro do conduto, deite a cabeça para o lado e encoste a orelha em uma toalha para que o líquido saia.

– Evite o uso de hastes flexíveis dentro do ouvido: elas servem apenas para limpar a parte externa, e não devem ser introduzidas no canal auditivo.

Se a água não sair e ao menor sinal de secreção no ouvido, que pode ser escura ou amarelada, procure ajuda de um otorrinolaringologista.

Fonte: Site Deficiência Auditiva

Tags:

Comentários

Atenção: Você precisa estar logado para comentar!