04 Set

Por postado em 04 Set

 

Frequentemente nós escutamos alguns fatos e mitos sobre audição. Abaixo nós selecionamos aqueles que mais encontramos em nosso dia-a-dia e respondemos com a verdade. Qualquer sintoma de perda auditiva não deixe de procurar um especialista.

MITO: SUA PERDA AUDITIVA NÃO TEM SOLUÇÃO?

FATO: No passado, muitas pessoas com certos tipos de perda auditiva eram orientadas de que não havia solução para sua deficiência. Isso pode ter sido verdade há muitos anos, mas com os avanços tecnológicos quase 95% das pessoas com perda auditiva neurossensorial podem ser ajudadas com aparelhos auditivos.

MITO: FUI DIAGNOSTICADO COM PERDA AUDITIVA, MAS OUVI DIZER QUE É MELHOR ESPERAR O MÁXIMO DE TEMPO POSSÍVEL PARA COLOCAR O APARELHO PARA NÃO DEIXAR O OUVIDO “PREGUIÇOSO”.

FATO: Pesquisas demonstram que quanto mais tempo se espera para recuperar a perda, maior é o dano para a função cerebral, o que dificulta a reabilitação.

MITO: A MELHOR FORMA DE SE COMUNICAR COM UMA PESSOA COM PERDA AUDITIVA É GRITAR?

FATO: A conversação em voz alta pode até causar incômodo, mesmo para quem tem perda auditiva. Na verdade, gritar só fará o som se tornar distorcido e, com isso, prejudicará ainda mais a situação para quem tem perda auditiva.

MITO: APENAS IDOSOS PERDEM A AUDIÇÃO.

FATO: A perda de audição na 3ª idade é muito comum, devido a própria alteração no processo de envelhecimento. Porém, qualquer pessoa que esta exposta a ruídos excessivos durante uma longa carga pode sofrer as consequências da perda auditiva.

MITO: O BEBÊ ANTES DE NASCER JÁ ESCUTA?

FATO: Desde o quinto mês de gravidez, o feto responde a sons de vários tipos.

MITO: PESSOAS COM DIFICULDADE AUDITIVA SEMPRE TERÃO DIFICULDADES DE FALAR AO TELEFONE?

FATO: Atualmente nós já possuímos soluções que transmitem a voz de uma pessoa no telefone com clareza e nitidez diretamente ao seu aparelho auditivo.

MITO: A PERDA AUDITIVA TEM CURA?

FATO: Se for diagnosticado qualquer lesão nas partes internas do sistema auditivo, podemos dizer que é praticamente irreversível. Para isso temos a ajuda dos aparelhos auditivos e seus acessórios.

Fonte: Site Amigos da Audição

Tags:

Comentários

Atenção: Você precisa estar logado para comentar!